terça-feira, 4 de junho de 2013

Bom dia

O meu filho é bom aluno, aliás é um dos melhores da turma. Tem boas notas (a maioria satisfaz plenamente).  Lê muito bem (ganhou um concurso de leitura inter-escolas). Pratica futebol e é bom naquilo que faz. É sensível, amigo e simpático. 
Ontem na escola, a turma fez uma votação entre ele e outro aluno, para escolherem quem iria ler um discurso no último dia de aulas. O outro ganhou. O meu filho ficou muito triste. Não por não ser ele a ler mas porque votaram todos, mas mesmo todos os alunos, no outro. Sentiu-se a pior pessoa do mundo. Sem amigos. Sentiu-se traído. Magoado. Chorou muito. Ele percebeu que foi por maldade e isso doeu.
Ontem disse que não quer ir à escola. Não quer estar com eles. 
E eu não sei como explicar-lhe que há pessoas más. Que há pessoas que sentem prazer em rebaixar os outros, em humilhá-los. Que, infelizmente, vai encontrar situações semelhantes ao longo da vida.
Depois de chorar muito, de desabafar, acalmou...e percebeu que não é ele que está errado...
Hoje já foi à escola, e só espero que ele tenha muita força para lidar com isto e que saia fortalecido. Porque, afinal, há pessoas más e temos que lidar com elas....

O dia está lindo com um sol maravilhoso e é nisso que nos vamos concentrar.



10 comentários:

  1. Olá Isa,
    Parabéns pelo seu filho!há-de ser um grande homem e o nosso país precisa de crianças (amanhã adultos) capazes como ele. Agora,será que a professora que viu que 100% da turma votou no outro miúdo,não teria uma palavra a dizer à classe? afinal os profs estão ali para educar principalmente,para incutir valores e não só para debitar conhecimentos.Sei que têm uma profissão difícil,em vários sentidos,mas com certeza ela teria uma palavra importante e formadora a dizer aos seus alunos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Val pelas suas palavras. Pois, parece que a professora não disse nada, atitude que não me espanta vinda dela.
      O importante é que ele já foi à escola e à hora de almoço estava animado. Sinto que já ultrapassou o assunto.

      Eliminar
  2. Coitadinho =( Dá-lhe muita força :D Ele vai aprender a ultrapassar estas situações menos boas =D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu dou-lhe toda a força do mundo. Obrigada :)

      Eliminar
  3. Sabemos perfeitamente que os melhores alunos são, normalmente, oa mais "desprezados", os mais "gozados". Já no nosso tempo era assim, e continuará a ser, infelizmente.

    Dizes que não sabes como explicar-lhe. Pois eu acho que se lhe disseres precisamente o que escreveste aqui ele vai entender e vai ajudá-lo. O resto, e por muito que nos custe, tem que vir com a experiência, com o "calo" que eles vão ganhando, dia a dia.

    Um beijinho para ti e para o teu menino.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carla. Custa vê-los a sofrer...
      Obrigada pelas palavras.
      Bjs

      Eliminar
  4. Oooh :( É a mania que os miudos têm de "gozar" com os melhores. E ao ler isto percebi que se calhar também o fiz, embora NUNCA tenha sido essa a educação que recebi :S

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá. Infelizmente é normal esta situação entre os miúdos.
      Bj

      Eliminar
  5. E o pior é que as crianças às vezes sabem ser más umas para as outras.
    Espero que tenha corrido tudo bem com ele.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Fico admirada como às vezes as crianças conseguem ser mázinhas! Como sabes também tenho 2 filhotes e custa quando ouço histórias passadas na escola. Costumo dizer aos meus para antes de fazerem aos outros pensarem se gostavam que fizessem com eles. Beijinhos (Támos cá para os apoiar ao máximo)

    ResponderEliminar